Sistema Integrado de Geração-Propulsão – Ref. DT-ET014

Sistema Integrado de Geração-Propulsão – Ref. DT-ET014

Descrição

A unidade DT-ET014 é um Sistema Integrado de Geração-Propulsão. Esta unidade é um modelo em escala, perfeitamente operacional, de sistemas tais como:

  • Locomotivas.
  • Navios de Guerra e Mercantes.
  • Plataformas de petróleo on-shore e off-shore.

O sistema DT-ET014 consiste em duas seções bem definidas:

1 – Geração

  • Dois conjuntos motor-gerador (MG), com alternadores sem escovas (como os usualmente incluídos nos sistemas supracitados) e motores elétricos como acionadores.
  • Controle dos conjuntos MG: inclui todos os dispositivos de controle e proteção do motor e do alternador. Esse sistema permite o paralelo automático e manual dos dois conjuntos MG.
  • Como o consumo de energia varia em função da demanda dos motores do sistema, a potência média consumida precisa ser aproximadamente 80% da potência instalada, de modo que o desempenho de motores Diesel seja otimizado e o desgaste seja evitado. Assim, os geradores são conectados/desconectados dos barramentos conforme as necessidades; os operadores são auxiliados nesta operação por um instrumento especial.

2 – Consumo

  • A maioria da energia elétrica produzida é consumida pelos motores de Tração/ Propulsão; a potência remanescente é consumida pelos serviços auxiliares.
  • Tradicionalmente, os grandes motores de Tração/Propulsão eram motores DC, com acionamentos SCR eletrônicos, porque o rpm dos motores DC pode ser controlado mais facilmente. Porém, a manutenção desses motores é difícil, e são inseguros quando operam em ambientes perigosos (gases e/ou pós potencialmente explosivos, como em plataformas de petróleo).
  • Essa é a razão pela qual os motores DC foram recentemente substituídos por motores trifásicos tipo gaiola de esquilo, com inversores eletrônicos controlados por microprocessadores: a manutenção desses motores é fácil e podem ser usados com segurança em ambientes perigosos, mas seus elementos de controle eletrônico são complexos e caros.
  • Se necessário, dois ou mais transformadores trifásicos podem ser conectados para ajustar a tensão de saída (por ex.: 600 V) ao nível da tensão padrão de serviços auxiliares (110 ou 220 V para iluminação; 400 ou 480 V para alimentação de centros de controle de motor).